A ardilosa fala de Lula ainda encanta a tola militância…

Como a maioria dos brasileiros, à exceção de Lewandowisk eToffoli, desde o início do julgamento da Ação Penal 470, estou aplaudindo as decisões exemplares de todos os Ministros do STF; como a maioria dos brasileiros, também passo a ter fiapo de esperança de ainda ver um Brasil mais justo em que uma nauseante figura como Lula finalmente deixe de representar a impunidade e pague pelo desrespeito e pouco caso com que tem tratado as Instituições, as leis e o brasileiro que trabalha e age como verdadeiro cidadão. Não se pode mais tolerar seus abusos e chacotas, tampouco o incitamento, antes velado e agora escancarado, que vem praticando no meio militante de seu partido, e quando digo “seu” é porque é certo que o PT não o tem, mas que ele tem o PT, da mesma forma que um bandido tem uma arma, Lula tem seu partido. Ele decide em quem vai atirar, ora podendo o alvo ser um Francenildo, ora podendo ser a “mídia reacionária”, ou até mesmo “as elites”, que ele convencionou ser aquela imediatamente acima de sua iludida classe média de renda mensal de R$1019,00, o certo é que o alvo é sempre determinado por ele, e é por tudo isso que se torna de extrema importância que os Ministros saiam deste julgamento aplaudidos pelo povo e revestidos com segurança, respeito e, acima de tudo, com a consciência do dever cumprido dentro mais estrito rigor do que determinam as Leis, para que não reste margem para as bazófias de Lula e seu partido, impedindo-os de fazerem  eco na população com mentiras já ensaiadas no sentido de desconstruir a imagem do STF ao alegarem a existência de “um esquema orquestrado por Ministros” para conter o poder e a ascensão do PT… Pensar assim é muita alucinação, mas o pior é que tem muita gente comprando com muita facilidade os disparates apologéticos de Lula através de sua contínua fala insidiosa que já passou da hora de começar a ser criminalizada pelo Ministério Público, pelo simples fato de sua fala não ser a de João qualquer, discutindo política no boteco, mas a fala é de um ex-presidente da República dirigida para militantes e agregados de suas pretensões. Portanto, com um peso e um poder capazes de influenciar enormes camadas da população.

Torçamos todos para que este julgamento se transforme num marco, ponto de partida para o estabelecimento da uma ética e de uma Justiça acima de quaisquer interesses e que estes Ministros, mesmo entrado para a História do STF, continuem sendo aplaudidos por aquelas decisões que fortalecem a Justiça e cobrados quando fazem diferente, de modo a arranhar o recém-resgatado orgulho desta nação. Aplausos e cobranças são demonstrações claras de cidadania e um inconfundível recado para que os Ministros não esqueçam que “estamos esperançosos, preocupados, mas de olho”.

O risco de uma recaída de princípios no STF não  pode, nem deve, ser de todo afastado quando estes Ministros STF foram os mesmos que, em sua maioria, inocentaram o ASSASSINO Cezare Battisti e, na ocasião dos parcos 3 votos condenatórios,  produziram  uma nuvem  que COBRIU  DE VERGONHA TODO O Brasil. Porém, com o atual interesse da nação pelas decisões do STF, fosse hoje aquele julgamento, dificilmente o Batistti estaria comemorando!

Devemos –sim- apoiar nosso STF, mas sempre com um pouco de cautela e um pé atrás pelo fato de os Ministros ainda serem indicados por presidentes (e “presidentas”, como preferem os engajados) desapegados da ética inerente a suas atribuições e que deixam aparente seus desvios de caráter. Prova disso é que, segundo Lula , o mensalão jamais existiu, o que fica pior quando dois Ministros , Lewandowisk e Toffoli, corroboram a tese do ex-presidente farsante!

Anúncios

Um comentário em “A ardilosa fala de Lula ainda encanta a tola militância…

  1. Por tudo que se tem dito sobre esse caso do mensalão é muito triste ver que uma grande parcela da população do Brasil ainda esta iludida com esse falso ar de prosperidade que as pessoas andam respirando. O preço que estamos pagando é muito maior do que se pode pensar, É como se estivéssemos vendendo um rim bom para curar o outro rim já doente, O ex-presidente Lula usa a mesma máxima nazista “uma mentira repetida mil vezes, se torna verdade”. Hitler também foi um líder de massas, criou varias dificuldades ao governo da época para depois vender facilidades que culminou na guerra e no massacre de milhões. A única diferença é que Hitler mesmo sendo um doente mental fez o que fez em prol de uma Alemanha maior, Já nosso ex-presidente (LULA) o faz por ouro e prata, por egocentrismo e ódio a oposição, por desprezo e rancor. O ex-presidente (LULA) vê é seu próprio umbigo, ele quer fazer parte da historia do Brasil como um estadista, mas nuca passará de uma sobra, um fantasma arrastando suas corrente ideológicas ultrapassadas e pensamentos retrógrados, O que vamos lembrar do LULA é o julgamento do mensalão.

    Curtir

SEU COMENTÁRIO É IMPORTANTE - OBRIGADO

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s